Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


trabalhos:resumos

Diferenças

Aqui você vê as diferenças entre duas revisões dessa página.

Link para esta página de comparações

Ambos lados da revisão anterior Revisão anterior
trabalhos:resumos [2021/09/17 02:26]
jennifervasconcelosjdsv2
trabalhos:resumos [2021/09/27 15:51] (atual)
jennifervasconcelosjdsv2
Linha 299: Linha 299:
  
 =====Monografias (Iniciação Científica e trabalhos de conclusão de graduação)===== =====Monografias (Iniciação Científica e trabalhos de conclusão de graduação)=====
 +
 +=== AULER, Jennifer Prestes ===
 +
 +**Efeito do aumento da heterogeneidade ambiental sobre a distribuição espacial de árvores**
 +
 +**Resumo:** Entender os mecanismos de coexistência de espécies é uma questão central na
 +Ecologia, dentre eles destacam-se a limitação de dispersão e processos de nicho.
 +Enquanto o primeiro pode ser definido como a impossibilidade de recrutar indivíduos em
 +todos os lugares apropriados à sobrevivência,​ o segundo se dá por espécies diferentes
 +terem maior fitness em determinados ambientes. Ambos os processos causam agregações
 +de indivíduos da mesma espécie e, assim, afetam o padrão espacial da comunidade. Com
 +o objetivo de verificar a influência da heterogeneidade ambiental na importância relativa
 +desses dois processos, utilizamos dados de três parcelas permanentes de 25ha na
 +Amazônia pertencentes à rede ForestGEO. As parcelas do Brasil (Manaus) e Equador
 +(Yasuní) são significativamente mais diversas que a da Colômbia (Amacayacu) e estas
 +possuem diferentes níveis de heterogeneidade ambiental (Amacayacu < Manaus <
 +Yasuní). Quatro modelos espaciais foram ajustados para as 1196 espécies de árvores
 +analisadas (abundância > 70 indivíduos):​ Aleatoriedade Espacial (AE), Processos de
 +nicho (HA), Limitação de Dispersão (LD) e efeito conjunto (HA+LD). O modelo mais
 +plausível foi definido através de uma árvore de seleção utilizando uma combinação de
 +critérios de AIC, Goodness-of-Fit (DCLF test) e parcimônia. Os resultados foram
 +ajustados a um modelo multinomial para verificar se as localidades diferiam na
 +probabilidade de seleção dos modelos concorrentes. Manaus e Yasuní não diferem em
 +nesta probabilidade,​ sendo observado 85,6% e 83% de algum modelo que incorpora nicho
 +(HA e HA+LD) selecionado. Já em Amacayacu obtivemos 57,5% HA e HA+LD
 +selecionados,​ sendo a proporção de nenhum modelo selecionado muito maior (40%
 +contra 11% e 14.5% para Manaus e Yasuní respectivamente). Em todos os locais HA+LD
 +representou a maior proporção de espécies, no entanto a LD representou apenas
 +aproximadamente 1% das espécies. Atribuímos essa diferença à menor heterogeneidade
 +ambiental em Amacayacu, uma vez que em Manaus e Yasuní a maioria das espécies
 +tiveram sua distribuição explicada por processos que incorporam nicho. Concluímos que
 +1) O grau de heterogeneidade influencia a importância relativa dos processos
 +estruturadores da comunidade, 2) A menor importância de HA não implica aumento
 +proporcional de LD, 3) Locais com maior proporção de mecanismos de coexistência tem
 +maior diversidade. ​
 + 
 +
  
 === TRUFFI, Luisa de Oliveira Costa === === TRUFFI, Luisa de Oliveira Costa ===
trabalhos/resumos.txt · Última modificação: 2021/09/27 15:51 por jennifervasconcelosjdsv2